INTOLERÂNCIA - O poir Marketing sobre nós mesmos

KING KONG... pela enézima vez eu vejo esse filme e me faz lembrar, mais uma vez, o quão intolerante o ser humano se tornou e continua se tornando a cada dia. A destruição de tudo que a natureza pode oferecer, sem qualquer receio do que pode acontecer num futuro próximo.

É claro que isto é um filme, mas retrata de uma forma nua e crua que não importa o brilho e a luz que resplandece na vida, o desejo por tirar vantagem sobre tudo e todos sempre fala mais alto e encontra adoradores da destruição. Lamentável!

Outros filmes me fazem refletir e tentar desenhar um mundo diferente se o homem não fosse tão pobre de espírito em seu instinto natural, explorador das migalhas guardadas em seu próprio egoismo. Um bom exemplo que retrata esse Marketing negativo que está sendo construído sobre nós mesmos é DANÇA COM LOBOS onde a ganância somada a ignorância sobre o desconhecido, a fome pelo poder e a miséria da alma extinguem as reaízes do que há de mais belo; a vida.

Nos dias de hoje acompanhamos a exploração desenfreada sobre os recursos naturais e que está semeando um núcleo vazio no céu e na terra e que acabará por implodir o próprio mundo onde vivemos. No cotidiano vemos a falta de respeito pelos mais velhos, pelos professores que são os mestres do conhecimento e pela natureza que nos cerca. Atitudes incompreensíveis depredam o próprio chão onde pisamos. A observância do bem alheio sem o senso de propriedade e a incapacidade de seguir a ordem natural das coisas, pois o mais velho e experientes tem dificuldades para ensinar os passos aos mais novos, estão construindo uma geração despreparada e que não consegue desenhar um círculo com um copo, não consegue admirar, não consegue vislumbrar, não consegue persistir, não sabem existir. Para tudo isso o filme O LIVRO DE ELI cita: "antigamente nós jogávamos fora o que hoje nos faz matar uns aos outros" Até quando passarão incognitas, como enigmas indecifráveis, essas mensagens tão claras que saltam aos olhos dos mais leigos. Tenho medo de imaginar onde tamanha insanidade irá nos levar. Fica o registro de um sentimento!

2 comentários:

Lilian disse...

Estive esse final de semana em debate em um forum virtual justamente sobre questões que você trara neste texto muito contudente.
eu sempre acreditei que por trás de toda intolerância há o egoismo, quer consciente, ou inconsciente ( trata-se daquele que que embora tente fazer algo em pro do outro, o objetivo sempre é o sucesso de si próprio - comum entre políticos). Pensando desra forma, seria a intolerância o marketing sobre nós mesmos, ou fruto/consequencia deste marketing? Eis uma boa reflexão...
Do seu texto eu confesso que discordo de uma única parte, que se refere ao final, no qual você exterioriza que tem "medo onde tamanha insanidade irá nos levar". Não sei se trata-se de insanidade ( ausência das faculdades mentais, ou um desequilibrio racional), a meu ver trata-se mais uma vez de uma nuance, de uma nova forma do egoismo se apresentar.

JUKA OLIVEIRA disse...

Agradeço Lilian por seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Alguns vídeos sobre motivação, atendimento, liderança e mais!!!

Loading...